TENTANDO MANTER A CALMA

Durante algum tempo  procurei ajuda e a encontrei no Nar-Anon. Tenho frequentado o Grupo e isso está sendo muito bom para mim. Descobri que precisava mudar e hoje me encontro mais calma e serena;  meu familiar adicto se encontra, só por hoje, limpo por sua própria vontade. Temos vivido bem, sem brigas e agressões, depois que aprendi que ele tem o direito de escolhas. Hoje respeito seu espaço, sabendo que ele é capaz de tomar decisões. Sei que não sou perfeita e às vezes volto ao meu velho comportamento, mas graças ao programa, logo percebo e tento fazer o meu melhor.

Estou tentando manter a calma e não viver a vida do meu familiar adicto. Às vezes o meu dia fica fácil  e consigo manter a calma, mas em outras vezes não. Então, como não quero voltar ao meu velho comportamento, telefono para minha madrinha ou procuro ir a um Grupo.  Recorro às ferramentas do programa para me serenar. Hoje percebo que meu desespero é bem menor. Aprendi que não posso modificar o outro, apenas amar. Com fé e esperança sei que posso melhorar minha qualidade de vida.