acessibilidade texto

Tolerância

Dentre as minhas poucas virtudes, a tolerância passava bem distante. Eu era um intolerante. Não somente defendia, de forma intransigente, as minhas ideias, mas também tentava lhes conferir supremacia.

O programa Nar-Anon me ajudou a mudar o meu caráter. Aos poucos fui deixando de suprimir as ideias dos outros, mesmo que as rejeitasse. Descobri a diferença que existe entre os meus pensamentos e as concepções dos outros. O reconhecimento dessa diferença e o apoio que a ela passei a dar vieram a constituir a minha tolerância.

Hoje sei que sou uma pessoa tolerante porque ampliei meus interesses próprios, de modo a me tornar capaz de reconhecer os interesses dos outros.

Passei a observar, ouvir e comparar outras ideias com as minhas próprias. Agora posso reconhecer o direito de outra pessoa manifestar sua opinião, mesmo que eu não concorde com ela.

 

Acessibilidade,acessibilidade 1clique o play abaixo para ouvir o texto da página. Para Libras clique no íconeacessibilidade 2na lateral direita da página e selecione o texto.