PASSO CINCO * Novo

Caminhando na programação, não tive dificuldades de admitir para outra pessoa meus defeitos de caráter, já que no Passo Quatro, investi no meu inventário pessoal. Ouvindo as partilhas dos companheiros no Grupo me encorajei a fazer o mesmo, o que facilitou o meu Passo Cinco. Então, busquei e encontrei uma companheira de confiança para partilhar meus defeitos de caráter, angústias, tristezas e alegrias. Ao admitir e ao partilhar minhas falhas, sabendo que não sofrerei críticas ou julgamentos, me assegura que estou em recuperação. Agora sinto que estou praticando o Passo Cinco com serenidade e sabedoria: “Admitimos para Deus, para nós mesmos e para um outro ser humano, a natureza exata de nossos defeitos.”